“Vinhos em Cena” no Tivoli BBVA traz arte, provas e debates para a Avenida

No coração da capital, um teatro vai estar completamente dedicado ao vinho durante quatro dias: espetáculo, arte, criatividade, experiências, mais de 40 produtores. As provas e as apresentações vão fazer-se desde o palco até aos camarins, passando pelos corredores, pelos foyers e pelo Sótão, onde também se poderá comer. Convidados estrangeiros falarão sobre vinhos portugueses. “Os vinhos vão saber de outra forma!”

A Avenida da Liberdade, em Lisboa, vai passar a ter um grande evento anual de vinhos no Teatro Tivoli BBVA: este ano, entre 23 e 26 de março, abrirá a primeira edição de “Vinhos em Cena”, um conjunto de apresentações, provas, debates, espetáculos, experiências vínicas e gastronómicas que irão decorrer, quase sempre em simultâneo, por todo o edifício do teatro.

No palco terão lugar apontamentos musicais, palestras, conversas e debates sobre vinho que se sucederão ao longo de quatro dias. A plateia irá sendo ocupada pelo público que, nesses dias, circulará pelos diversos andares do edifício, onde mais de 40 produtores irão ter os seus espaços espalhados pelos foyers e pelos corredores. Nos camarins decorrerão provas, apresentações, workshops e, também, reuniões de negócios entre produtores e convidados. Dentro nas frisas, mesmo atrás da plateia, haverá lugar a experiências especiais, mais reservadas, para partilhar a dois (ou a três… ou quatro): ostras com Champagne; foie gras com licorosos; Porto com chocolate; ou vinhos tranquilos a contracenarem com outros acompanhamentos.

“O ‘Vinhos em Cena’ vai ser uma experiência muito intensa, tanto para quem já conhece e gosta de vinhos, como para quem está a começar a gostar e procura mais referências e informação”, afirma Paulo Dias, diretor geral da UAU, a promotora de espetáculos proprietária do Teatro Tivoli BBVA, um edifício com 92 anos que é monumento nacional. “Os produtores, importadores e parceiros que se envolveram connosco neste projeto vão trazer para o Tivoli alguns dos melhores vinhos de Portugal e irão apresentá-los, dá-los a provar e discuti-los num ambiente teatral. No palco irão estar regularmente a falar nomes de referência do mundo dos vinhos e outras figuras públicas”.

Esta primeira edição contará com a presença de três críticos de vinhos com curriculum internacional: os britânicos Charles Metcalfe e Sarah Amed  e a espanhola Sara Peños Lledo.

Charles Metcalfe é autor de várias obras, entre as quais “O Guia de Portugal para Apreciadores de Vinho e Comida”, escrito com a mulher, Kathryn McWhirter: já foi agraciado pelo Estado português, com o título de Comendador da Ordem de Mérito Empresarial, pelo seu papel na promoção dos vinhos portugueses.

Sarah Amed é a responsável pelo website “The Wine Detective”, que segue com particular atenção os vinhos de Portugal e da Austrália,  e colabora regularmente com a revista Decanter, uma das mais influentes publicações enófilas europeias. Tem defendido nas suas críticas que “se observa um enorme salto na qualidade dos vinhos portugueses”, os quais, “têm preços muito convidativos. Ou seja, uma excelente relação preço/qualidade…”

Sara Peños Lledo é sommelier, ensina na Universidade de Madrid e é professora do módulo “Vinhos de Portugal” na Escola Europeia do Vinho.

Sara Amed e Charles Metcalfe participarão na Conferência que terá lugar na sexta-feira dia 24 (ver PROGRAMAÇÃO), a qual será moderada pelo presidente do Instituto da Vinha e do Vinho, Frederico Falcão, e contará com a participação dos enólogos Osvaldo Amado (Global Wines) e António Ventura (Almeirim, Rocim, Gradil). Nesse mesmo dia Sara Peños Lledo orientará um workshop sobre o aroma das castas, juntamente com o enólogo e formador Mário Louro, o diretor técnico de todo o evento.

Os workshops decorrerão sempre na Sala D. Antónia Ferreira, sendo que o de sexta-feira será dedicado à identificação dos aromas de castas nacionais e internacionais em prova cega. No sábado Charles Metcalfe, Sara Amed e os seus convidados irão orientar workshops que vão verificar o comportamento das mesmas castas em regiões diferentes: “Duelo de Castas”, será o tema.

Haverá ainda um workshop no sábado com o tema “Jantar ao Contrário”, no qual se começará por escolher os vinhos e, só depois, a comida que melhor harmonizará com eles. O enólogo Diogo Campilho e um sommelier convidado serão os orientadores. No domingo, o último workshop dedicar-se-á a “Duetos Imprevistos”, no caso queijos portugueses e a casta moscatel: o enólogo Luís Simões e um somellier convidados serão os orientadores.

Ao longo dos dias do “Vinhos em Cena” passarão igualmente pelo palco especialistas da área vinícola e figuras distintas do teatro, literatura, música ou humor para curtas conversas entre si. Chamar-se-á  “Em Cena Com…” e contará com figuras do mundo vínico – como o presidente da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa, Vasco de Avillez, ou os enólogos Cristiano Van Zeller e Paulo Laureano – a falarem sobre vinho com figuras da arte e do espetáculo. Ao longo dos dias haverá também diversos apontamentos musicais em locais diversos do teatro, como duetos de cordas, árias de ópera, alguns fados, certas surpresas.

“Estamos a preparar quatro dias que, sendo dedicados ao vinho, são muito mais do que vinho: são, desde logo, espetáculo, teatro, arte, criatividade”, afirma Paulo Dias, diretor geral da UAU. “Os vinhos vão ser provados de maneira diferente e o que se falar sobre eles será feito de um outro modo – estamos num teatro, num espetáculo! Isso vai mudar tudo: os vinhos vão saber de outra forma!”

Quem passar pela Avenida da Liberdade no final de março poderá entrar nesta “peça de teatro” que decorrerá por todo o edifício, desde a cave até ao Sótão. Em cada momento, haverá sempre coisas a decorrer – espetáculos, conversas, debates, provas, apresentações. Para além das experiências das frisas, no Sótão do Tivoli BBVA estará instalado um Wine Bar onde se poderão provar vinhos dos diferentes produtores e comer tapas, queijos, enchidos, presuntos e azeites.

O “Vinhos em Cena” abre na quinta-feira 23 de março às 17h. Nos dias seguintes abrirá às 15h, encerrando depois das 23h.

Comments are closed.