ISCTE “bem gerido” e “virado para o futuro”

A EUA representa 850 universidades de 47 países e é o principal interlocutor da Comissão Europeia para as questões do ensino superior. A sua avaliação ao ISCTE, iniciada em 2013 e concluída em julho último, considera que o “staff e estudantes trabalham em conjunto num ambiente académico de colegialidade e partilham uma cultura de qualidade e de melhoria contínua”. O reitor, Luís Reto, considera este relatório importante para “atrair mais estudantes estrangeiros”, que são já 20%.

O ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa (IUL) acaba de receber por parte da EUA – Agência Europeia de Universidades o reconhecimento da alta qualidade do seu ensino universitário: “O ISCTE-IUL é uma universidade bem gerida e virada para o futuro, com staff e estudantes que trabalham em conjunto num ambiente académico de colegialidade, partilhando uma cultura de qualidade e de melhoria contínua”, diz o relatório, datado de agosto (ver link anexo).

A EUA, que representa 850 universidades de 47 países europeus, é a instituição europeia com maior credibilidade internacional na avaliação institucional das universidades. Os seus relatórios avaliam a qualidade no ensino universitário prestado e têm em conta, fundamentalmente, três aspetos: a gestão, a organização e a cultura de qualidade. O que é avaliado é o funcionamento das universidades em causa, globalmente considerado.

Tendo iniciado a avaliação em 2013, a equipa da EUA considerou que o posterior “processo de ‘follow-up’ confirmou que o ISCTE-IUL continua a identificar as suas forças e fraquezas e a aplicar eficazmente as suas competências de gestão, aliadas à dedicação necessária para progredir continuamente”. A equipa de avaliadores elogia as atividades desenvolvidas pelo ISCTE-IUL e afirma que as recomendações efetuadas no relatório “não são questões que requeiram uma atenção urgente”, devendo antes ser consideradas “como sugestões para o seu desenvolvimento” que podem vir a ajudar o ISCTE-IUL a atingir os seus objetivos no futuro.

“Esta avaliação muito positiva da mais reputada agência universitária europeia é, não só muito importante por reforçar a credibilidade internacional da investigação e do ensino que aqui se faz, como é também mais um contributo para

impulsionar a procura desta instituição por estudantes internacionais”, afirma o reitor do ISCTE-IUL, Luís Reto. Atualmente mais de 20% dos estudantes desta universidade são estrangeiros, o que contribui muito para a grande autonomia financeira de que a instituição dispõe.

O ISCTE-IUL solicitou a avaliação da EUA em 2012 ao abrigo do programa “Institutional Evaluation Programme”, tendo sido visitado por duas vezes em 2013 por uma equipa de peritos internacionais. Em julho de 2015 o ISCTE-IUL requereu a avaliação de follow-up e, em maio de 2016, submeteu o respetivo relatório, que respondeu às recomendações feitas pela equipa de avaliação da EUA – e no qual se apresentam as medidas de melhoria adotadas pelo ISCTE-IUL relativas a cada recomendação.

Em junho de 2016 o ISCTE-IUL recebeu uma nova visita da equipa de avaliação da EUA para a elaboração do relatório final. Neste, a equipa da EUA concluiu que “o ISCTE é uma instituição de ensino superior com grande reputação no país”. Segundo os relatores, “o ISCTE é marcado por uma liderança bastante forte e estratégica, um ‘staff’ altamente motivado, estudantes comprometidos e ‘stakeholders’ muito empenhados no projeto”. Conclui o relatório que “o ISCTE -IUL estabeleceu uma excelente base para enfrentar desafios e oportunidades no ensino superior, tanto os atuais como os do futuro”.

A EUA é o principal interlocutor da Comissão Europeia para as questões do ensino universitário e ocupa a liderança na definição e estabelecimento dos ‘standards’ e das orientações no plano da garantia de qualidade do Ensino Universitário. A avaliação pela EUA vem reforçar a credibilidade do ISCTE-IUL e soma-se a outras acreditações internacionais já conseguidas :AMBA (Executive MBA), EURACE (todos os cursos de engenharia) e a recente acreditação da IBS-ISCTE Business School pela AACSB – Association to Advance Collegiate Schools of Business.

Comments are closed.