Atletas Portugueses medalham nos Special Olympics

António Pimenta venceu os 10 mil metros no primeiro dia dos Jogos Mundiais de Verão do Special Olympics, o movimento criado há 50 anos pela irmã de John F. Keneddy e liderado em Portugal por Dias Ferreira. Já nos 50 metros bruços foi António Gonçalves a conquistar a medalha de ouro. Luísa Santos traz prata nos 100 metros costas.

Os Jogos Mundiais de Verão do Special Olympics começaram este sábado (25 de julho) em Los Angeles, EUA, e já Portugal soma três medalhas na competição que junta atletas com deficiências intelectuais vindos de todo o mundo. António Pimenta, 44 anos, da Associação Beneficiência Popular de Gouveia, traz a medalha de ouro para Portugal nos 10 mil metros onde conseguiu o tempo de 52 minutos e 57 segundos. Já na piscina, os atletas portugueses também brilharam este fim de semana ao conquistar ouro e prata. Ontem à tarde (noite, em Lisboa), António Gonçalves, 24 anos, da Cercizimbra, de Sesimbra, venceu os 50 metros bruços (00:00:48.98) e Luísa Santos, também de Gouveia, nadou até à medalha de prata (00:03:35:59).

Em Lisboa, Dias Ferreira congratula-se pelos resultados, aplaudindo “orgulhoso” a ‘sua’ Seleção Nacional de 49 atletas que viajou até Los Angeles à procura de medalhas mas, mais do que tudo, do convívio entre jovens atletas de todo o mundo numa semana dedicada ao desporto.

 O Special Olympics nasceu há 50 anos nos EUA e foi criado por Eunice Kennedy, irmã do antigo presidente dos EUA, John F. Kennedy. Por cá, foi fundado em 2001 por Maria de Jesus Barroso e é atualmente liderado por José Dias Ferreira, antigo presidente do Sporting Clube de Portugal.

 A seleção do Special Olympics estará em Los Angeles até 2 de agosto com atletas de modalidades tão variadas como o basquetebol, atletismo, equitação, ténis de mesa, natação, ginástica artística e ginástica rítmica.

Comments are closed.